Provas escritas de avaliação realizadas em 2015/16

Aqui se publicam os enunciados das provas escritas de avaliação realizadas nas minhas turmas de Análise e Técnicas de Composição (ATC) e de Teoria e Análise Musical (TAM), referentes ao 10.º e 11.º ano do ensino especializado de música de nível secundário.


    Provas finais referentes ao ano letivo de 2015/16

    As avaliações finais escritas serão realizadas durante a semana de 30 de maio a 3 de junho, sendo a sua estrutura constituída nos seguintes moldes:

    1. ATC I e TAM MOD III
      • Completar espaços em branco de um trecho a três vozes utilizando uma técnica imitativa (de paráfrase) de meados do século XVI;
      • Responder a um conjunto de perguntas objetivas sobre contraponto rigoroso e técnica de paráfrase.
    2. ATC II
      • Harmonizar uma melodia de Coral com indicação de todo o percurso tonal a realizar;
      • Analisar harmonicamente um Coral;
      • Responder a um conjunto de perguntas objetivas tendo por incidência toda a matéria lecionada durante o corrente ano letivo.
    Irá ainda se realizar no dia 16 de junho, com início às 14h30, prova de exame de recuperação aos módulos II e III de TAM em sala a indicar.

    Normas para o estudo do contraponto rigoroso

    Aqui se publica o texto de apoio com o enunciado das normas para o estudo do contraponto rigoroso a duas e a três vozes.

    Provas de avaliação de ATC e TAM

    Nos próximos dias 30 de novembro e 1 de dezembro irei realizar as provas finais de 1.º período (ATC) e do Módulo I (TAM) que terão a seguinte estrutura:

    1. Sobre uma peça de Canto Gregoriano: [30%]
      1. Identificar os principais neumas e demais sinais paleográficos;
      2. Classificar modalmente a peça apresentada em termos globais, justificando a resposta dada;
      3. Analisar modalmente a referida peça por pontuação musical (inciso, membro, frase e período), indicando o respetivo modo da cadência, bem como pelo menos uma característica modal à luz dos modelos estudados, para cada um dos incisos, membros, frases e períodos analisados.
    2. Construir uma melodia, com princípio, meio e fim, tendo por base os modelos estudados para os modos gregorianos (protus, deuterus, tritus e tetradus, nas extensões autêntica e plagal). [40%]
    3. Comentar dois extratos de partituras relativas a obras estudadas nas aulas. [30%]

    Entre as obras passíveis de sair neste terceiro grupo, com extratos para comentar¹, temos:

    • Música Grega
      • Anônimo. Epitáfio de Seikilos.
      • Eurípedes. Orestes: Coro de Stasimon.
    • Organa
      • Leoninus. Organum duplum.
      • Anônimo. Motete: Salve, salus hominum / O radians stella / Nostrum.
      • Perotinus. Sederunt principes.
      • Perotinus. Viderunt omnes.

    ¹ Neste comentário, para além de uma correta identificação da obra a que o extrato respeita, deverão ser abordados os principais tópicos falados nas aulas a propósito da obra em causa.

    Forma de Ritornelo BWV 1049 (1.º andamento)

    Análise da forma do primeiro andamento do Concerto Brandeburgês BWV 1049, disponível aqui. A respetiva partitura pode ser obtida aqui.